Geral

Após indiciamento por Brumadinho, Vale diz que analisará conteúdo do inquérito


A Polícia Federal indiciou, na noite da quinta-feira, 19, sete funcionários da mineradora Vale e seis membros da consultora TÜV SÜD pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documentos falsos envolvendo a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais. As duas empresas também foram indiciadas.

A Vale diz ter tomado conhecimento nesta sexta-feira, 20, dos resultados do inquérito relativo ao rompimento da barragem do Córrego do Feijão.

A mineradora informou que avaliará detalhadamente o conteúdo do resultado do inquérito antes de fazer qualquer manifestação e que a “empresa e seus executivos continuarão contribuindo com as autoridades e responderão às acusações no momento e ambiente oportunos”.

Até o fechamento deste texto, a reportagem não havia obtido um posicionamento da TÜV SÜD.

Veja também
+ Modelo Suzy Cortez vai ao treino da Argentina dar água de seu banho a Messi
+ Policial militar mata a tiros quatro pessoas em pizzaria de Porto Alegre
+ Mãe de Eliza Samudio diz que Bruno não paga pensão e que filho do goleiro se sente culpado pelo crime
+ Deputado dos EUA sugere mudar órbita da Lua para combater aquecimento
+ Mano Brown se irrita com possível acerto do Santos com volante do Corinthians: ‘Tá tirando’
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago