Esportes

Após eliminação, Genoa confirma demissão de Ivan Juric

GÊNOVA, 07 DEZ (ANSA) – Após a eliminação na Copa da Itália diante do Virtus Entella, que disputa a Série C, o Genoa demitiu nesta quinta-feira (6) o técnico Ivan Juric.   

Essa é a terceira vez que o croata é demitido do clube rossoblù.   

Desta vez, ele deixou o cargo com pouco menos de dois meses de trabalho. O favorito para substituir Juric é o experiente Cesare Prandelli, que está desempregado desde janeiro, após ter sido demitido do Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos.   

Na 14ª posição da Série A com 15 pontos, o Genoa começou a temporada sob a batuta de Davide Ballardini, mas o treinador foi demitido repentinamente, apesar do bom trabalho que vinha realizando. Após a troca de comando, o Genoa entrou em declínio com a chegada de Juric. Em oito jogos, o croata não conquistou nenhuma vitória, somando apenas três empates e cinco derrotas, incluindo uma goleada por 5 a 0 diante da Internazionale.   

Copa da Itália – Em um jogo muito movimentado, o Genoa foi surpreendido pelo Virtus Entella na Copa da Itália. O clube da cidade de Chiavari empatou a partida em 3 a 3 e garantiu sua classificação para as oitavas de final nos pênaltis.   

O meio-campista ítalo-brasileiro Daniel Bessa, que desperdiçou uma das penalidades, lamentou a saída de Juric. “A demissão é uma derrota para nós também. Sinto muito que ele tenha pagado por nossos erros, mas temos de seguir em frente”, declarou o jogador.   

O próximo compromisso do Genoa será neste domingo (9), diante da Spal, válido pela 15ª rodada do Campeonato Italiano. (ANSA)