Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Como já é do seu perfil, Ana Paula Renault foi sincera e não fugiu de nenhuma pergunta em participação do programa “Pânico”, da Jovem Pan News, nesta quinta-feira (11). Além de comentar a recente rusga com Sikêra Jr., apresentador da RedeTV!, a ex-BBB fez diversas críticas ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

“Ele está em rede nacional, em TV aberta e horário nobre. Quem sou eu para ele tentar acabar com a minha reputação? Ele falou que eu saí de lá porque briguei com todo mundo, isso é mentira, são boatos”, afirmou ela.

“Ele ficou amadíssimo, a gente tá na 5ª série? Será que ele teria o mesmo posicionamento com os patrocinadores que o abandonou? Eu sou inimiga do Sikêra Júnior porque eu não tirei o chapéu para ele, hein”, completou.

A ex-sister ainda falou sobre os cortes no “Fofocalizando”, do SBT, inclusive com a sua saída, por conta da baixa audiência da atração.

“Eu entrei e a audiência reagiu maravilhosamente bem, mas há um tempo já não estava tão bem assim. Teve um tempo que a gente ficava na vice-liderança, o problema é quando a Record atropela. Já existia essa conversa, houve uma mudança de grade”, explicou ela.

A ex-BBB continuou: “Ele menospreza as mulheres, fala que a filha foi uma fraquejada, eu fico imaginando a menina crescendo e se deparando com a declaração do próprio pai. Ele é assumidamente homofóbico, tem declarações dele, não são uma ou duas, são várias”.