Mundo

Após cobrar reunião, Salvini rejeita convite de Conte

ROMA, 08 JUL (ANSA) – Após ter cobrado publicamente para ser recebido pelo governo, o líder da oposição na Itália, senador Matteo Salvini, recusou um convite do primeiro-ministro Giuseppe Conte, seu ex-aliado, para uma reunião nesta quinta-feira (9), em Roma.   

Durante um evento de seu partido, a ultranacionalista Liga, na capital italiana, Salvini disse que se encontrará com Conte apenas depois que o governo “desbloquear canteiros de obras” e liberar a chamada “caixa integração”, auxílio público para ajudar no pagamento de funcionários de empresas em crise.   

“Amanhã [9] tenho compromissos mais importantes com trabalhadores e operários. Amanhã eu não vou”, declarou o ex-ministro do Interior nesta quarta-feira (8). Seis dias atrás, Salvini havia cobrado de Conte um encontro “concreto” e afirmado que estava “disponível”, bastava dizer “onde e quando”.   

Além disso, na última segunda-feira (6), ressaltou que se reuniria com o primeiro-ministro assim que fosse convidado.   

“Quando nos chamar, como somos pessoas educadas, nós iremos”, disse na ocasião.   

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

O convite do governo se estende a todos os partidos da coalizão conservadora liderada por Salvini e tem como objetivo discutir um plano de reformas e desburocratização para acelerar a retomada da economia italiana. A oposição reclama que suas propostas foram ignoradas pela base aliada no Parlamento.   

“Finalmente chegou o convite de Conte para nos encontrar na tarde de quinta-feira. Como anunciado, irei ao Palácio Chigi [sede do governo]”, disse a líder do partido de extrema direita Irmãos da Itália (FdI), deputada Giorgia Meloni, que cobrou a apresentação de um “documento com propostas pontuais” e que a reunião seja transmitida ao vivo.   

Em visita a Madri, Conte afirmou que está disponível e que espera que o encontro se confirme, mas reconheceu que existe “um pouco de dificuldade em concordar uma data com a oposição”.   

(ANSA)

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?