Esportes

Após Rússia ser banida das Olimpíadas, China cria lei que criminaliza doping

Crédito: Divulgação/COI

As principais consequências sofridas por clubes e atletas do mundo todo quando o assunto é doping são punições que geralmente envolvem as próprias competições, como banimento e perda de títulos. Já a China decidiu ir além: tentar melhorar a performance através de substâncias ilícitas agora é crime que pode dar cadeia.

De acordo com a agência oficial de notícias estatal chinesa Xinhua, o Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo votou para adicionar a Emenda XI à sua lei criminal, o artigo 355. Ela estipula que quem atrair, instigar ou enganar os atletas para que usem substâncias proibidas em competições nacionais ou internacionais pode pegar até três anos de prisão, além de multa. Punições mais pesadas serão aplicadas àqueles que organizarem ou forçarem os atletas ao doping.

Na China, o esporte é questão de estado e sinônimo de “soft power”. A emenda entrará em vigor em março de 2021, quatro meses antes da Olimpíada de Tóquio.

A mudança da lei não foi ideia do governo de Xi Jinping. A alteração é um passo histórico que reforça o compromisso da China em acabar com o doping, em linha com as declarações da 5ª cúpula do Comitê Olímpico Internacional (COI), de 2016. Na época, o COI instou tornar “a comitiva de atletas, incluindo treinadores, médicos, fisioterapeutas e outros oficiais, responsabilizados criminalmente por facilitar o doping”.

Ao comentar sobre a mudança na lei, Chen Zhiyu, diretor executivo da Agência Antidopagem da China (CHINADA), disse que a medida não tem como objetivo punir os atletas, mas sim os profissionais mal intencionados que os cercam.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

“Os atletas trapaceiros serão punidos com proibições e multas de acordo com as regras antidopagem já existentes”, afirmou. Com a decisão, a China tenta se precaver para não cair na malha fina do COI, que, no começo do mês, baniu a Rússia da Olimpíada de Tóquio.

Veja também

+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cataratas do Niágara congelam e as imagens são incríveis
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica