Geral

Após 15 anos, ararinha é vista solta


Uma ararinha-azul foi avistada na natureza pela primeira vez em mais de 15 anos. A espécie, endêmica da Caatinga, não era vista desde 2000, quando o último indivíduo conhecido desapareceu (possivelmente capturado ou morto).

Moradores de Curaçá, na Bahia, avistaram a ave. Uma mulher conseguiu até fazer um vídeo da ararinha. As imagens não deixam dúvidas sobre a identidade da espécie, segundo o especialista Pedro Develey, diretor da Sociedade para a Conservação das Aves do Brasil (SAVE Brasil). A ararinha tem um grito bastante característico, que pode ser ouvido claramente no vídeo. Pelo menos seis pessoas teriam visto a ave em diferentes momentos.

Develey acredita que seja uma ave de cativeiro, não registrada, que foi solta pelo dono – talvez para evitar ser flagrado com ela, o que configuraria crime ambiental.

A última vez que ela foi vista foi no dia 18. Na próxima semana, uma expedição liderada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) se juntará aos esforços dos moradores, na tentativa de localizar a ave e conseguir mais informações.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Nua, Cleo Pires exibe tatuagens em novos cliques
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Ex-parceiro de Cristiano Araújo é encontrado morto
+ Policial militar mata a tiros quatro pessoas em pizzaria de Porto Alegre
+ Sérgio Mallandro diz que atrapalhou sexo de Xuxa com Ayrton Senna
+ Mano Brown se irrita com possível acerto do Santos com volante do Corinthians: ‘Tá tirando’
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

Ararinha Bahia