ISTOÉ Gente

Apoiadores do governo fazem boicote a vídeo institucional da Globo

Crédito: Reprodução/YouTube

A briga entre apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e a Rede Globo ganhou mais um capítulo durante a última semana. Na última quarta-feira (15), a rede de televisão publicou um vídeo institucional defendendo o “padrão Globo”, que recebeu muitos dislikes.

No fim da noite da última terça-feira (21), o vídeo “Globo: Qualidade Também é Respeito” tinha mais de 600 mil visualizações e cerca de 300 mil dislikes, contando com apenas 6 mil likes.

O blogueiro Allan dos Santos, que é investigado no inquérito das fake News, e o comentarista político Rodrigo Constantino são alguns dos apoiadores da corrente.

No vídeo, estão presentes jornalistas conhecidos como Willian Bonner, Renata Vasconscelos, Maju Coutinho, e da teledramaturgia, como Jonathan Azevedo e Débora Bloch, falando frases de impacto sobre o famoso “padrão Globo de qualidade”.

“A Globo entende que no momento em que o mundo todo se volta para o combate às informações falsas e às mensagens de ódio, o respeito nas relações e às opiniões se mostra mais relevante do que nunca. Por isso, seguirá trabalhando para levar ao país inteiro informação e entretenimento de qualidade e credibilidade,” afirmou a emissora em nota.

Saiba mais
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio