Esportes

Apesar de derrota na ida, Reus vê duelo entre Borussia e Monaco indefinido

Apesar da derrota do Borussia Dortmund para o Monaco por 3 a 2, em casa, o meia Marco Reus acredita que o confronto entre as duas equipes ainda está aberto, com “50% de chance” para cada lado. Os dois times voltam a campo nesta quarta-feira, na casa do Monaco, para definir qual time irá avançar às semifinais da Liga dos Campeões.

“Na minha opinião, as chances são de 50-50. O resultado do primeiro jogo não foi favorável para nós, mas temos a força mental para reverter o resultado. Temos um bom time e uma boa chance de classificação. Eu realmente acredito que podemos fazer isso”, declarou o meia, considerado o “cérebro” do time.

Reus ficou de fora da partida de ida, na quarta passada, porque ainda se recuperava de problema físico. Ele fez seu retorno no fim de semana, ao ajudar o Borussia a ganhar do Eintracht Frankfurt por 3 a 1, pelo Campeonato Alemão. O meia marcou um dos gols do time de Dortmund.

Provável titular nesta quarta, Reus pregou maior consistência à equipe alemã, que jogou mal no primeiro tempo da ida. E só ameaçou o Monaco na segunda etapa, quando marcou seus gols. “Temos que jogar bem durante os 90 minutos. Na Liga dos Campeões, não é suficiente jogar bem apenas durante uma hora”, alertou.

O técnico Thomas Tuchel lembrou do bom segundo tempo do Dortmund na ida para estimular o seu elenco. “Dominamos o segundo tempo naquele jogo em todas as estatísticas. Estou muito otimista porque sei da nossa qualidade, mesmo sabendo que teremos pela frente uma equipe também de muita qualidade”, declarou.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

O treinador garantiu que o time já superou o ataque ao ônibus do time que feriu o lateral Marc Batra, que chegou a passar por cirurgia no braço direito. No ataque, ainda sob investigação das autoridades, o veículo foi alvo de três explosões em série quando deixava o hotel e estava a caminho do estádio para o primeiro jogo contra o Monaco. Por causa do ataque, a partida havia sido adiada de terça para quarta.

“Nós já tiramos isso da nossa mente. Estamos muito mais estáveis emocionalmente”, assegurou Tuchel. “Tudo o que aconteceu na semana passada nos deixou mais fortes. Estamos prontos e focados. Sabemos que será difícil, mas temos energia e confiança que precisamos para buscar o resultado.”

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?