Esportes

Apesar da derrota do Grêmio, Renato vê final contra o Palmeiras em aberto: ‘Tudo pode acontecer’

Treinador lamenta falha na bola parada e acredita que o seu time está no páreo na decisão da Copa do Brasil. Jogo da volta será no próximo domingo, no Allianz Parque

Apesar da derrota do Grêmio, Renato vê final contra o Palmeiras em aberto: ‘Tudo pode acontecer’

O Grêmio abriu a final da Copa do Brasil de maneira amarga. Em Porto Alegre, o Tricolor pouco fez ao longo da partida e acabou derrotado pelo Palmeiras por 1 a 0. Na coletiva de imprensa, o técnico Renato Portaluppi lamentou a falta de atenção da sua defesa e vê a final em aberto.

– Decisão é assim mesmo. Na final da Libertadores, praticamente não teve chance de gol mesmo. A gente deu mole no gol do Palmeiras, faltou atenção da nossa defesa. Infelizmente, por um detalhe, a gente perdeu o jogo – disse Renato, que completou:

– Meu grupo é experiente. Não tem nada perdido, não. É difícil? É difícil. São duas grandes equipes, tudo pode acontecer.


+ Mulher é presa por não devolver R$ 6,8 milhões que recebeu por engano
+ Família de Schumacher coloca mansão à venda por R$ 400 milhões
+ Pentágono confirma que vídeo com OVNIs em forma de pirâmide é autêntico



No próximo domingo, se o Grêmio vencer por um gol, a final será decidida nos pênaltis. Em caso de triunfo por dois gols ou mais, a equipe fica com o título no tempo normal.

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS