Comportamento

Mais de 30 crianças são esfaqueadas em escola na China

Mais de 30 crianças são esfaqueadas em escola na China

Parentes levam aluno até escola que foi cenário de ataque em Pequim, em 8 de janeiro de 2019 - AFP/Arquivos

Ao menos 39 pessoas, em sua maioria alunos, foram esfaqueadas em uma escola do ensino básico de Cangwu, sul da China, anunciaram as autoridades locais. “Trinta e sete alunos ficaram levemente feridos e dois adultos sofreram ferimentos mais graves. Todos foram hospitalizados e estão foram de perigo”, afirmou uma fonte.

O ataque aconteceu às 8H30 locais nas proximidades da cidade de Cangwu, na região autônoma de Guangxi, anunciaram as autoridades municipais. O principal suspeito do ataque é um segurança da escola, de 50 anos.

Outros ataques do tipo já foram registrados em escolas na China. Em janeiro de 2019, 20 crianças foram feridas a golpes de martelo em uma escola de Pequim.

Em novembro de 2019, um jovem de 20 anos matou um estudante e feriu outros nove e dois professores em uma escola técnica de Yunnan, província do sudoeste do país. Em janeiro de 2017, a região de Guangxi também foi cenário de um ataque similar, quando um homem feriu 11 crianças com uma faca de cozinha em uma escola.

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ Leilão tem Camaro por R$ 72 mil e Versa por R$ 22 mil
+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ A história da Rural e da picape F-75, avós dos SUVs brasileiros
+ 5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
+ Hackers brasileiros roubaram dados de clientes em 12 bancos
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior