Brasil

Anvisa: Vacina contra Covid deve ser liberada no menor tempo possível

Crédito: Leopoldo Silva/Agência Senado

Comissão de Assuntos Sociais (CAS) realiza sabatina de Antonio Barra Torres para diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em pronunciamento, indicado para diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres. Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado (Crédito: Leopoldo Silva/Agência Senado)

O diretor-presidente interino da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres, disse nesta segunda-feira (19) que a vacina contra a Covid-19 deve ser liberada no menor tempo possível.

Barra Torres, que passou por sabatina na tarde dessa segunda no Senado para ser confirmado no cargo, afirmou que não é possível dar uma data para a vacinação contra a doença do novo coronavírus.

“Esta agência dará a resposta no melhor tempo, o menor possível, é claro. Porque nós temos, todos nós, familiares, parentes que já faleceram por causa dessa doença. Então, o nosso interesse é institucional e, é claro, também pessoal, como cidadãos”, disse.

O diretor-presidente da Anvisa teve sua indicação aprovada por 14 votos a 3 na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e agora a votação deve ir para plenário, o que deve ocorrer ainda nesta semana.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel