Coronavírus

Anvisa envia técnicos à China e prevê aval para vacinas até janeiro de 2021

Crédito: AFP/Arquivos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) enviou um grupo de técnicos à China para supervisionar as fábricas que fornecem insumos para as vacinas contra a Covid-19 que serão disponibilizadas no Brasil. Segundo a  Folha de S. Paulo, a previsão da agência é que a análise necessária para aprovação dos insumos termine até o início de janeiro de 2021.

Segundo o  gerente de fiscalização da Anvisa, Ronaldo Ponciano, o objetivo das visitas é ver se as fábricas cumprem as normas brasileiras, além da analisar documentos. Ele disse que apesar do prazo, a agência espera que o processo dure menos tempo.

A primeira visita deve ocorrer até o dia 4 de dezembro na fábrica da Sinovac, responsável pela vacina Coronavac, em parceria com o Instituto Butantan. Já a visita à sede da Wuxi Biologics, responsável pelo fornecimento de insumos à AstraZeneca, deve ser feita até 11 de dezembro.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ 10 coisas que os pais fazem em público que envergonham os filhos
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

Anvisa vacinas