Esportes

Ansioso por volta, Ruschel revela sonho de jogar final da Recopa Sul-Americana

A volta da Chapecoense aos jogos, com o amistoso deste sábado contra o Palmeiras, na Arena Condá, em Chapecó (SC), enche de esperança um dos sobreviventes do desastre aéreo com o time, em novembro. O lateral-esquerdo Alan Ruschel revelou nesta sexta-feira estar ansioso pelo possível retorno, inclusive para poder disputar a final da Recopa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, de Medellín, mesmo adversário da decisão da Copa Sul-Americana em 2016.

Alan Ruschel foi o primeiro dos quatro sobreviventes brasileiros do desastre aéreo a receber alta. O jogador veio para Chapecó para participar da homenagem do clube neste sábado às vítimas da queda do avião e disse em entrevista coletiva estar com vontade de participar da Recopa Sul-Americana. “Quero estar concentrado para jogar. Como falei com o Neto (outro sobrevivente), o clube precisa da gente e a gente precisa do clube. O que o povo colombiano fez com a gente, foi um aprendizado para todos”, afirmou.

A Recopa Sul-Americana, ainda sem data definida, vai reunir os dois adversários que jogariam no fim do ano passado pela final da Sul-Americana. Como o Atlético Nacional renunciou ao título em respeito ao acidente da Chapecoense, que foi declarada campeã, os times vão se encontrar novamente, já que a equipe colombiana é a atual campeã da Copa Libertadores.

“O que a Conmebol e o Atlético Nacional fizeram vai além de qualquer sentimento. Minha emoção de estar aqui, vivo, dando uma entrevista, participando de um jogo, não tem explicação. Vou fazer de tudo para honrar os que se foram”, afirmou. O lateral-esquerdo vai dar o pontapé inicial do amistoso deste sábado. Antes da partida, o clube vai entregar as medalhas e o troféu pela conquista da Sul-Americana.

Alan Ruschel foi à Arena Condá nesta sexta-feira, onde conversou com o atual técnico, Vágner Mancini, falou com jogadores e foi aplaudido pela torcida presente ao treino. Depois da atividade, o lateral-esquerdo foi ao hospital para visitar o goleiro Jackson Follmann, que continua internado. Os dois almoçaram juntos.