Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

O Santos está tendo todo o cuidado do mundo para que não volte a ficar um longo período sem seu jogador mais talentoso, o atacante Ângelo.

O camisa 11 voltou a ser titular após quase dois meses fora do time. A última vez foi no empate em 1 a 1 com o Unión La Calera, pela fase de grupos da Copa Sul-Americana, fora de casa, no dia 28 de abril.

O jogador havia passado por um exame de imagem e foi constatada uma lesão muscular na posterior da coxa direita. Ele fez o tratamento com o departamento médico e passou por um trabalho individualizado de reequilíbrio muscular, até ter condições de voltar.

– Ângelo é um menino. Tem 17 anos. Teve uma lesão que deixou ele muito tempo parado. E, junto com o departamento médico, realizamos um trabalho para que ele não volte a sentir a lesão. É um jogador muito rápido, de muita velocidade. Tinha um desgaste físico importante. Com as mudanças que realizou o Corinthians, poderíamos sofrer pelas laterais – disse o auxiliar Lucas Ochandorena, explicando a substituição.

O Menino da Vila deixou o campo aos 18 minutos. Ele explicou que isso faz parte da programação do Peixe até que ele esteja 100%.

– Tudo vai ser trabalho essa semana para jogar mais que 45 minutos. Está tudo dentro dos conformes. É uma programação, tudo combinado – disse o jogador na zona mista.

Ângelo é natural de Brasília e chegou nas categorias de base do Santos com apenas 10 anos. Estreou com a camisa do Peixe em 25 de outubro de 2020, na partida contra o Fluminense, fora de casa. Tem 73 jogos na equipe profissional. Ele foi campeão sul-americano com a Seleção Brasileira Sub-15, em 2019.