Esta imagem apresenta um conjunto espetacular de anéis em torno de um buraco negro, capturado por meio do Observatório de Raios X Chandra e do Observatório Neil Gehrels Swift, da Nasa. As imagens de raios X dos anéis gigantes revelam informações sobre a poeira localizada em nossa galáxia, usando um princípio semelhante aos raios X realizados em consultórios médicos e aeroportos.

+ Descobertos esqueletos romanos decapitados no sul da Inglaterra
+ Mosaico romano espetacular é descoberto em área rural da Inglaterra
+ Descoberto exemplo de crucificação na Inglaterra sob domínio de Roma

O buraco negro faz parte de um sistema binário chamado V404 Cygni, localizado a cerca de 7.800 anos-luz da Terra. Material de uma estrela companheira – com cerca de metade da massa do Sol – está sendo ativamente puxado pelo buraco negro para um disco ao seu redor.

Esse material brilha em raios X; assim, os astrônomos se referem a esses sistemas como “binários de raios X”.


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias