Economia

Aneel nega mérito de recurso da Abeeólica contra leilão A-6

A Comissão Especial de Licitação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) negou o mérito de pleito feito pela Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica) para que o leilão A-6, que prevê entrega de energia elétrica para 2025, fosse adiado. A associação alegava que após fazer uma mudança nas regras do leilão, seria necessário mais tempo para que a mesma fosse analisada.

No dia 10 de setembro, a diretoria da Aneel aprovou mudanças nas regras de sazonalização para contratação de usinas eólicas e solares no próximo leilão A-6, previsto para 18 de outubro.

A partir de agora, os contratos dos empreendimentos vendidos terão que acompanhar a carga declarada pelo operador mês a mês, ou seja, não poderão mais repassar para o consumidor o custo de eventuais compras de energia no mercado livre quando não houver geração por falta de vento ou sol.

Segundo a Aneel, a matéria irá agora para a diretoria da agência para uma decisão final, mas o leilão está mantido para 18 de outubro.