Televisão

Âncora da Band critica “macartismo bolsonarista” e se solidariza com Villa

Crédito: Reprodução/TV Band

Fabio Pannunzio, âncora do ‘Jornal da Noite’, da TV Bandeirantes, prestou solidariedade a colegas que, segundo ele, estão sendo perseguidos por um “macartismo bolosnarista”, como definiu nas redes sociais.

Recentemente, Paulo Henrique Amorim foi afastado do ‘Domingo Espetacular’, da Record; Rachel Sheherazade foi ameaçada por Luciano Hang, dono da Havan, pedindo sua demissão para Silvio Santos; e Marco Antonio Villa saiu da rádio Jovem Pan. Os três, este ano, fizeram críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

“Não tenho nenhum apreço pelo jornalismo do Paulo Henrique Amorim, a quem tenho criticado nos últimos dez anos. Mas a demissão dele é brutal e inaceitável, produto do macartismo bolsonarista que já vitimou @VillaMarcovilla, @marcelomadu e ameaça @RachelSheherazade”, escreveu Pannunzio no Twitter.

Paulo Henrique Amorim, diferentemente do informado por Pannunzio, não foi demitido pela Record. Ele está afastado da apresentação do ‘Domingo Espetacular’, mas seu contrato com a emissora permanece até 2021.