Economia

Anatel rejeita recursos e aprova acordo de compartilhamento entre TIM e Vivo

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) rejeitou o último recurso contra um acordo de compartilhamento de infraestrutura da rede móvel (ran-sharing) entre as operadoras TIM e Vivo. Agora, elas poderão usar a mesma rede para expandir a cobertura de roaming em cerca de 2,7 mil municípios com menos de 30 mil habitantes.

O acordo já havia sido aprovado pelo Conselho Diretor do órgão regulador e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), mas havia sido contestado pelas operadoras Claro e Algar Telecom.

Na decisão desta quinta-feira, 2, o relator, conselheiro Carlos Baigorri, reiterou que o compartilhamento de infraestruturas deve ser estimulado. Claro e Algar Telecom alegavam que o acordo prejudicava o roaming. A Anatel reconheceu que o serviço tem problemas, mas considerou que eles nada têm a ver com o acordo entre TIM e Vivo.

A Anatel determinou ainda que as áreas técnicas da agência avaliem a melhor forma de lidar com essas falhas e expandir o serviço em municípios, rodovias e estradas.

Em nota, o CEO da TIM, Pietro Labriol, comemorou a decisão. “Compartilhamento de redes significa uso racional de recursos e investimentos mais eficientes em localidades menores, que se traduzem em melhora da cobertura e da qualidade”, disse. As negociações entre TIM e Vivo sobre o tema começaram em julho e foram concluídas em dezembro de 2019.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?