Economia

Análise da joint venture foi paralisada para entrega de documento, diz Embraer

O vice-presidente financeiro e de Relações com Investidores da Embraer, Nelson Salgado, afirmou nesta terça-feira, 12, que não houve suspensão, mas sim paralisação, da análise da Comissão Europeia sobre a joint venture com a Boeing. Segundo ele, a “parada do relógio” pode ser determinada a qualquer momento se o órgão antitruste entender que precisa de informações adicionais das empresas para analisar a transação. Em teleconferência com a imprensa, o executivo ressaltou que a Embraer e a Boeing estão trabalhando para entregar a documentação pedida “o mais rápido possível”.

Questionado sobre o andamento da análise na Europa, Salgado disse que “é difícil dizer” se está demorando mais ou menos do que o esperado. Ele ressaltou, porém, que a parceria estratégica já recebeu aval em jurisdições relevantes, como Estados Unidos e Japão.

Devido à instauração da “Fase II” de análise pela Comissão Europeia, em outubro, a Embraer teve de ajustar sua expectativa para a conclusão da parceria com a Boeing. Conforme a última previsão da fabricante, o fechamento da operação deve ocorrer no início de 2020, e não mais até o fim deste ano.

A transação entre as fabricantes de aeronaves prevê a criação de uma joint venture que englobará o braço de aviação comercial da Embraer. A Boeing deterá 80% da nova empresa, denominada Boeing Brasil – Commercial, enquanto a Embraer terá os 20% restantes.

As companhias também trabalham em uma segunda joint venture, com participação de 51% da Embraer, destinada a promover e desenvolver mercados para o avião militar KC-390.

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ Maria Zilda relembra como soube que Ary Fontoura era gay: “A coisa mais incrível que já ouvi”
+ Rafa Kalimann ensina receita de palha italiana; veja o vídeo
+ Juliana Caetano, do Bonde do Forró, fala sobre proposta de 500 mil reais que recebeu
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior