Economia

Anac vai cancelar licença de 10 aeronaves da Avianca


A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) vai retirar, até a próxima terça-feira, 22, a matrícula de dez aviões operados no País pela Avianca, que está em recuperação judicial desde dezembro. Com o cancelamento das matrículas, as aeronaves serão devolvidas imediatamente à empresa de arrendamento GE Capital Aviation Services, que havia entrado na Justiça devido à falta de pagamentos.

A Anac informou que o procedimento poderá causar impactos nos voos da Avianca nos próximos dias e aconselhou os passageiros com viagens marcadas a procurarem a empresa.

Os aviões em questão não são os mesmos usados em rotas internacionais e cuja devolução foi anunciada na quarta-feira pela empresa. Antes de entrar em reestruturação, a aérea tinha uma frota de 57 aviões, sete desses já foram entregues para as empresas proprietárias e outros 12 ainda deverão ser restituídos.

Na segunda-feira, a companhia participou de uma audiência de conciliação com empresas de arrendamento, em que lhe foi dada um prazo até primeiro de fevereiro para apresentar uma proposta de pagamento. Representantes da GE Capital Aviation Services participaram da reunião.

Caso voos da companhia sejam cancelados, os passageiros têm direito a reembolso integral do valor pago ou à reacomodação em outros voos.


Saiba mais
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua