Cultura

Ana Maria Braga: ‘Bom dia guerreiros! País de maricas coisa nenhuma’


Ana Maria Braga abriu o Mais Você desta quarta-feira, 11, com a música de Daniela Mercury, Alma Feminina, para rebater uma fala do presidente da República. Na véspera, Jair Bolsonaro disse que o Brasil “tem que deixar de ser um País de maricas”, em uma referência homofóbica.

“Tudo agora é pandemia, tem que acabar com esse negócio, pô. Lamento os mortos, lamento. Todos nós vamos morrer um dia, aqui todo mundo vai morrer. Não adianta fugir disso, fugir da realidade. Tem que deixar de ser um País de maricas”, declarou em cerimônia no Palácio do Planalto.

Ana Maria Braga retrucou a fala do presidente: “Com essas palavras de Daniela Mercury, eu dou bom dia a todos ao ‘País de maricas’ porque é um País de homens e mulheres guerreiros”, sem citar Bolsonaro.

A apresentadora também fez questão de homenagear os mortos em decorrência da covid-19: “Não custa lembrar que é um País que já perdeu 162 mil almas brasileiras por causa do coronavírus. Um bom dia para você com fé. Fé de brasileiro”, completou.

No Instagram, Ana Maria publicou um vídeo para enfatizar que não é aceitável um tom pejorativo quando o assunto é a luta contra o coronavírus. “Bom dia guerreiros! País de maricas coisa nenhuma. Gravei a mensagem do dia para quem não viu. Letra da nossa maravilhosa Daniela Mercury”, escreveu.


+ MS: Homem que revelou amante pouco antes de ser intubado deixa UTI-covid
+ Ratinho critica Dudu Camargo: ‘Só o Silvio gosta dele’



A cantora comentou a publicação da apresentadora da Globo. “Cada mulher que se impõe nos liberta! Como diz a música Alma Feminina, somos guerreiras e guerreiros. E, por isso, lutamos contra esses ataques contínuos de um presidente que sempre nos discrimina e diminui, e que não merece governar esse país que pertence a um povo tão diverso e plural”, disse.

Daniela Mercury foi além: “Nós mulheres e LGBTQIA+ temos uma força e um poder gigantes e vamos lutar juntos todos os dias para fazer desse País um lugar onde possamos prosperar individualmente e coletivamente e viver em paz com nossas famílias. Te amo, amiga! Estamos juntas nessa luta contínua pelos direitos humanos”.

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Descoberta no deserto do Kalahari leva a revisão da origem humana
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS