Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

“Amor Estranho Amor” sempre foi um incômodo na carreira da apresentadora Xuxa Meneghel. Se um dia ela entrou na Justiça para tirar de circulação as cópias do filme, hoje, mais de 30 anos depois, ela pede para que as pessoas assistam à produção.

“Quem não viu, veja o filme. É um filme muito legal. Aquilo lá é uma ficção, não é a minha biografia e no mundo que a gente está vivendo, as pessoas querem me atingir falando sobre o filme. E não me atinge, porque aquilo lá é uma ficção”, disse a apresentadora em entrevista ao ‘OtaLab’, do UOL, apresentado por Otaviano Costa.

Lançado em 1982, “Amor Estranho Amor” teve Xuxa como atriz principal, vivendo a personagem Tamara, uma prostituta que se envolveu com um garoto de 12 anos, interpretado por Marcelo Ribeiro. A produção foi tirada do ar anos depois após decisões judiciais em favor da apresentadora.

Em 2019, Xuxa confessou a Eliana que só atuou no filme para agradar Pelé, seu namorado à época. “Odiei fazer ‘Amor Estranho Amor’. Me enganaram, falaram um monte de coisa, que era para ser feito assim, assado. Foi o único trabalho que Pelé me fez fazer, porque ele falou: ‘Faz por causa do meu amigo’. Fiz e me estrepei.”