Amor de Bono e ódio de Alexandre Frota

Sim, eu quase chorei no show do U2 no Estádio do Morumbi na semana passada. Sim, eu beijei a minha mulher, e abracei, e apertei, enquanto Bono cantava “With or Whitout You”. Sim, eu gritei, de olhos fechados e com o coração inundado de amor, cada verso de “Beautiful Day”, aquela música, você sabe, que diz “é um lindo dia, não o deixe escapar.” Sim, eu aplaudi, e vibrei, e quase chorei de novo, quando Bono falou que devemos respeitar cada ser humano na face da Terra. Sim, eu achei bonito pra chuchu o telão que lembrou mulheres como Frida Kahlo e Maria da Penha.

Você pode dizer que sou brega, que tudo isso é babaquice minha, que ficar assim emocionado com Bono Vox é só um monte de baboseira. Eu respondo o seguinte: um pouco de amor não faz mal a ninguém. Há tanto ódio por aí, tanta raiva e violência, que a gente sai do show do U2 como se o tempo tivesse parado e a vida, naquelas duas
horas, fosse bela e digna e nobre como deveria ser.

Quando falo de ódio, não falo só do ódio urbano, do assalto nosso de cada dia, da fúria nas avenidas e estradas, mas também do ódio nas redes sociais, do ódio na mídia, do ódio que se vê na política e na economia, e até de um novo e miserável tipo de ódio, o ódio da cultura, o último refúgio de sanidade que parece resistir por aí. Deus do céu, que gente é essa?

Com seu discurso de amor, Bono Vox deveria dar umas lições no ex-ator pornô Alexandre Frota. Esse cara
é o ódio cuspido e escarrado. Frota chamou Caetano Veloso de pedófilo, disse que um juiz “julga com a bunda” e falou o seguinte sobre a ex: “Quando eu comia a Claudia Raia, ela era legal e se comportava como mulher. Foram 5 bons anos. Hoje é ela que come o marido. Então ficou assim.” Hã? Tem mais: Frota agora deu para defender censura em exposições de arte e xingar de “vagabundos” os que não concordam com ele.

Se você é mais Frota e menos Bono, pense que isso só piora o mundo. A avalanche de ódio de pessoas como o ex-pornô só atiça mais ódio, e mais, e mais, e mais, e nunca leva a lugar algum — a não ser, claro, a mais ódio. Já não bastam as tragédias nossas de cada dia, a falta de grana, os problemas em casa, as dores implacáveis da vida?
Olha, Bono Vox pode ser um tiozinho brega que está cada vez mais parecido com o seu avô, mas ele enche nossos corações de luz e amor. Entendeu, Frota?

Se você é mais Frota e menos Bono, pense que isso só piora o mundo.
A avalanche de ódio de pessoas como ex-ator pornô não leva a lugar algum


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.