Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

A transmissão da vitória da seleção brasileira por 1 a 0 sobre o Japão na segunda-feira, rendeu boa audiência para a TV Globo. A partida fez a média da faixa crescer 44% no Painel Nacional de Televisão (PNT) em relação às últimas quatro segundas-feiras, com 13 pontos de audiência e 48% de participação. Foi a maior audiência da faixa desde agosto de 2021, quando o Brasil conquistou o ouro no futebol masculino na Olimpíada de Tóquio.

Na capital paulista, o aumento da faixa foi de 44%, com 13 pontos e 46% de participação, um recorde desde março de 2020. E, no Rio de Janeiro, mais da metade dos domicílios com TVs ligadas estavam assistindo à transmissão: 16 pontos de audiência com 55% de participação, aumentando a média da faixa em 23% e se tornando a maior audiência desde novembro de 2020.

O Brasil está no Grupo G da Copa do Mundo com Sérvia, Suíça e Camarões. Se passar, pode pegar Portugal ou Uruguai nas oitavas de final. No atual ciclo para o Mundial do Catar, a seleção brasileira venceu 35, empatou dez e perdeu apenas três vezes em 48 partidas. Foram 103 gols marcados e só 18 sofridos.

Para as partidas de setembro, está agendada apenas o duelo com a Argentina, no dia 21. Trata-se do jogo interrompido logo aos 5 minutos, quando agentes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária entraram no gramado da Neo Química Arena, em São Paulo, por conta da entrada irregular de alguns jogadores argentinos no País.

A partida era válida pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo. E, de acordo com a Fifa, ainda precisará ser disputado, embora não vá interferir na tabela final da competição, que terminou com o Brasil em primeiro e a Argentina, em segundo. A CBF ainda deve definir mais um adversário para o Brasil em setembro.