Ediçao Da Semana

Nº 2743 - 19/08/22 Leia mais

Em entrevista para o canal do Youtube do humorista Rafinha Bastos, a atriz Samara Felippo, que trabalhou na Globo e também na Record TV, falou sobre as experiências que teve e declarou que viu colegas perderem oportunidades por se recusarem a terem relações sexuais com diretores.

+ Samara Felippo abre coração sobre uso de álcool
+ Samara Felippo faz 43 anos e se presenteia com ensaio sexy e descontraído
+ Samara Felippo ganha elogios ao posar sem sutiã
+ Samara Felippo posta foto fazendo topless e pede impeachment: ‘Fora Bolsonaro’

“Hoje eu olho para trás e vejo os abusos que eu passei, machismo, coisas que a gente nunca enxergou na época. Vejo amigas que perderam papéis porque não deram para o diretor. Existiu esse lugar. Existiu o lugar onde eu sentei para pegar um papel e a pessoa falou: ‘Você ia fazer a protagonista, mas você não tem cara de virgem’. Virgem tem cara?”, questionou Samara.

É um pouquinho esse buraco que a gente vai se enfiando. É uma mão na sua coxa em um jantar, é um ‘vem cá conversar só eu e você’. Todo o papel eu tinha que estar dois quilos mais magra. E sempre fui magra. Já vem a pressão estética para a menina”, completou.

“É uma pressão bizarra, em todos os sentidos. Para a mulher principalmente. Acho que isso ainda acontece, temos denúncias que jamais se imaginou que pudessem ter acontecido”, frisou.