PUBLIEDITORIAL

Americanas S.A. e UNICEF sem unem para promoção da dignidade menstrual e enfrentamento da evasão escolar

Foco é na promoção de educação e dignidade menstrual de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade

Crédito: Emanuelle Rabelo

Americanas S.A. e UNICEF sem unem para promoção da dignidade menstrual e enfrentamento da evasão escolar (Crédito: Emanuelle Rabelo)

A Americanas S.A. e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) se unem para o enfrentamento da evasão escolar e para a promoção da dignidade menstrual entre estudantes em situação de vulnerabilidade que menstruam (meninas, mulheres e meninos transexuais). A parceria impactará cerca de 7 mil crianças, adolescentes e educadores de municípios do interior de estados do Norte e Nordeste do Brasil. A iniciativa integra o pilar de educação da estratégia ESG Americanas S.A., orientada pela Agenda 2030 da ONU.

Em parceria com a Americanas S.A., o UNICEF irá instalar estações de lavagem de mãos em escolas do Amazonas e do Maranhão, desenvolver atividades com adolescentes e líderes comunitários relacionadas ao tema de Dignidade Menstrual e distribuir kits de higiene a adolescentes e escolas. As ações fazem parte da iniciativa “Água e Higiene nas escolas”, do UNICEF e parceiros.

No Brasil, uma enquete do UNICEF e do Fundo de População das Nações Unidas – UNFPA, com 1,7 mil adolescentes e jovens que menstruam, mostrou que mais de 60% já deixaram de ir à escola ou a outro lugar que gostam devido à menstruação.

A parceria também prevê fortalecer a estratégia de Busca Ativa Escolar do UNICEF na região Norte do Brasil. Desenvolvida em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a iniciativa visa identificar, registrar e acompanhar crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão.

“O UNICEF tem sido um parceiro estratégico e já somamos grandes conquistas até aqui, como a contratação de mais de 7 mil jovens por meio do Um Milhão de Oportunidades (1MiO), e também a forte união para o combate aos efeitos da Covid-19 em todo o país”, explica Bruna Sabóia, gerente de sustentabilidade da Americanas S.A.. “Agora, partimos para uma nova empreitada, com dois projetos totalmente alinhados ao nosso maior propósito de somar o que o mundo tem de bom para melhorar a vida das pessoas”, conclui.

“Estar na escola e aprender são direitos de cada criança e adolescente. Para tanto, é fundamental fazer a busca ativa, indo atrás de quem está fora da escola ou em risco de evadir, e tomar as medidas necessárias para garantir a permanência na escola, aprendendo. Isso inclui, também, transformar o ambiente escolar em um espaço acolhedor para toda pessoa que menstrua. Serão esses novos esforços, em parceria com Americanas S.A.”, afirma Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil.

Água e Higiene nas escolas, e dignidade menstrual – Os recursos vão viabilizar a instalação de pontos de lavagens de mãos, capacitação em protocolos de saúde e atividades de promoção de saúde menstrual e a doação de kits de higiene e insumos, como absorventes íntimos. Serão apoiadas 33 escolas de Manaus (AM) e São Luís (MA) e seus entornos, impactando a vida de mais de quatro mil crianças e capacitando mais de 250 gestores.

Busca ativa escolar – O apoio de Americanas S.A. vai fortalecer a estratégia de Busca Ativa Escolar na região Norte do Brasil, impactando cerca de três mil meninas e meninos e mil profissionais das áreas de educação, saúde, assistência social e planejamento das equipes municipais de proteção às crianças em situação de vulnerabilidade.

A iniciativa tem como objetivo contribuir com Estados e municípios para identificar crianças e adolescentes fora da escola, ou em risco de evasão, e tomar as medidas necessárias para que voltem à escola e permaneçam nela, aprendendo.