Brasil

RJ: ambulante que fez gesto obsceno em caso de assédio se diz arrependido

Crédito: Reprodução Instagram

Advogada Mariana Maduro, vítima de assédio no Rio de Janeiro (Crédito: Reprodução Instagram)

Flagrado fazendo gesto obsceno durante um caso de assédio sexual, o ambulante Celso Lins Bastos disse que foi provocado a fazer o ato e disse que está arrependido.

Celso fez o gesto enquanto o empresário Ricardo Roriz filmava a advogada Mariana Maduro e uma amiga praticando ioga na Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul da capital fluminense.

Em depoimento à polícia civil, Bastos disse que foi o empresário que o provocou para se manifestar sobre as mulheres praticando ioga.

“Ele afirmou que foi, na verdade, provocado pelo cliente Ricardo Roriz, que está sempre ali fazendo filmagens ou fotografias e o provoca para que ele faça também comentários, numa adesão de vontade do autor Ricardo Roriz”, informou a delegada Valéria Aragão ao Universa, que conduz o inquérito.

A defesa do ambulante relata ainda que, Celso não tinha ciência de que estava sendo filmado.


+ Advogada é morta e tem corpo carbonizado no Rio de Janeiro
+ Morre Liliane Amorim, influencer de Juazeiro do Norte, após complicações da realização de lipoaspiração

“O ato obsceno que ele fez não foi direcionado a ninguém, a nenhuma mulher, foi direcionado ao Ricardo Roriz. Quando ele se aproxima das meninas, ela vai oferecer água a elas como ele oferece a todo mundo ali”, disse Valdo Tavares, advogado do ambulante.

Arrependimento pelo gesto

Segundo a delegada, Bastos contou que alugava bicicletas na Lagoa Rodrigo de Freitas, mas precisou mudar de negócio devido à pandemia de coronavírus e montou um ponto de venda de bebidas. Ao prestar esclarecimentos, o ambulante relatou que o empresário é um cliente assíduo e que já participou de outras filmagens de Roriz

“Nas redes sociais, seria comum os seguidores de Ricardo Roriz o atiçarem para que provocasse Celso e ele fizesse comentários também. Seria uma espécie de brincadeira de mau gosto de que Celso se diz vítima. Ele também se disse arrependido e assustado com a repercussão negativa de todos esses fatos”, disse a delegada Valéria Aragão.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ 7 tendências de design de interiores que vão bombar em 2021
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel