O Dia

Alunos de Caxias ganham óculos de grau

Parceria que existe desde 2017 entre a Prefeitura e o Projeto Ver e Viver vai permitir que alunos de três unidades sejam beneficiados desta vez

Duque de Caxias – Desde 2017, dezenas de alunos da rede municipal de ensino de Duque de Caxias usufruem da doação de óculos de grau, através de parceria firmada entre a Prefeitura de Duque de Caxias e o Projeto Ver e Viver, da Fundação ArcelorMittal. Neste sábado (21), às 8h, mais um grupo de alunos de três unidades de ensino do município serão beneficiados. O evento acontece no Ciep 338 Municipalizado Célia Rabelo, localizado bairro da Pedreira, em Xerém.

Nesta terceira edição da parceria, estão sendo contemplados 62 alunos das seguintes unidades de ensino: Escola Municipal Tabuleiro, Escola Municipalizada Sergipe e Ciep 338 Municipalizado – Célia Rabelo. Todas as escolas estão localizadas no distrito de Xerém.

O projeto Ver e Viver é desenvolvido há 18 anos pela Fundação ArcelorMittal e atende mais de 17 cidades em vários estados. O objetivo do programa é detectar, diagnosticar e tratar problemas de acuidade visual favorecendo o aprendizado, desempenho e permanência dos alunos nas escolas.

As unidades contempladas pelo projeto participam de três importantes etapas que são a triagem dos alunos nas escolas, consulta oftalmológica e entrega dos óculos gratuitamente aos estudantes diagnosticados com deficiência visual.

Desde o início da parceria com a Prefeitura de Duque de Caxias os resultados conquistados têm sido muito positivos, contemplando centenas de alunos de escolas municipais de Xerém. Com a inauguração do Hospital do Olho Julio Cândido de Brito, em dezembro de 2017, o projeto Ver e Viver passou a contar com toda a infraestrutura e atendimento especializado em oftalmologia da rede de saúde municipal oferecendo, assim, uma avaliação completa voltada para o cuidado e acompanhamento dos participantes do programa.

Para o prefeito Washington Reis é importante ressaltar a importância de fortalecer parcerias como estas no município. “ Crianças com dificuldade visual acabam tendo o desenvolvimento escolar e o aprendizado comprometidos. A parceria do projeto da ArcelorMittal com a Secretaria Municipal de Educação tem dados ótimos resultados”, destaca Washington Reis.