Coronavírus

Alemanha estende restrições, mas libera Natal com até 10 pessoas

Alemanha estende restrições, mas libera Natal com até 10 pessoas

Teste do coronavírus em estacionamento de Hochfelln, perto de Ruhpolding, sul da Alemanha, em 30 de julho - AFP

O governo da Alemanha, em concordância com os estados, prorrogou até o dia 20 de dezembro o lockdown parcial que atinge o país para controlar o avanço dos casos e das mortes causadas pelo coronavírus Sars-CoV-2, anunciou a chanceler, Angela Merkel, na noite desta quarta-feira (25).

No entanto, as festividades de Natal serão permitidas para grupos familiares e de amigos de até 10 pessoas. “Ninguém deverá passar o feriado de Natal na solidão”, disse Merkel ao anunciar o plano.

No entanto, as regras de encontro social continuarão mais restritas até o dia 20, com limitação de cinco pessoas dos núcleos habitacionais, excluindo crianças e adolescentes com menos de 14 anos.

“Temos duas mensagens para o povo alemão. A primeira, é um obrigada. Mas, em segundo lugar, informo que as restrições atuais não serão suspensas”, disse ainda a chanceler, ressaltando que o “aumento exponencial” de casos foi contido, mas os números diários continuam ainda muito altos.

Nesta quarta-feira, segundo dados divulgados pelo Instituto Robert Koch, foram 18.633 novos casos de Covid-19 em 24 horas, mantendo a média dos últimos dias, mas a quantidade de óbitos bateu recorde desde o início da pandemia, em março deste ano: foram 410 mortes.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

“Não podemos estar satisfeitos com esse sucesso parcial. As mortes nos lembram que, por trás das estatísticas, há destinos humanos”, pontuou ainda Merkel ao comentar a quantidade de vítimas da doença.

Desde março, a Alemanha – considerado um dos países que melhor gerenciou a crise sanitária na primeira onda no mundo – registra 995.879 contaminações pelo novo coronavírus e 15.210 óbitos na pandemia. (ANSA).

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel