Cultura

Alemanha é líder na produção de sorvete da União Europeia

BRUXELAS, 20 AGO (ANSA) – A Alemanha foi o país da União Europeia que mais produziu sorvete em 2019, com 635 milhões de litros, informou o Escritório de Estatísticas do bloco (Eurostat) nesta quinta-feira (20). Ao todo, os 27 países-membros produziram mais de três bilhões de litros de sorvete, uma alta de 6% na comparação com o ano anterior.   

O valor alemão representa 21% de toda a produção e é seguido de perto pela Itália, que com seus 554 milhões de litros representa 18% do que é produzido.   


Na terceira colocação, vem a França que além de produzir 451 milhões de litros de sorvete, é a nação do bloco que mais exporta o produto. Foram 55 toneladas do alimento exportados para países fora da União Europeia, o que equivale 25% das exportações do setor.   

No ranking dos exportadores, os Países Baixos estão na segunda colocação (35 mil toneladas, 16%), a Alemanha na terceira (29 toneladas, 13%) e a Itália na quarta (18 mil toneladas, 8%). O valor total das exportações, que chegaram a 222 mil toneladas, equivaleram a 723 milhões de euros (cerca de R$ 4,8 bilhões).   

Conforme os dados do Eurostat, Reino Unido (58% das exportações), Suíça (5%) e China (3%) são os três principais destinos dos sorvetes europeus no mundo.   

Os britânicos, por sua vez, são os principais fornecedores de sorvete para a União Europeia, com 57 mil toneladas do alimento.   

Na sequência, aparecem Sérvia e Suíça. As importações chegaram a 82 mil toneladas em 2019, com um valor de 180 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão). (ANSA).