Economia

Alemanha deve ter crescido ‘moderadamente’ no 1º trimestre, diz Bundesbank

O Bundesbank (o banco central da Alemanha) estimou que a economia do país cresceu “moderadamente” no primeiro trimestre do ano, ponderando que “efeitos extraordinários na economia interna” foram determinantes para o ritmo da atividade.

“O setor de construção se beneficiou adicionalmente do clima favorável em fevereiro. Além disso, o consumo privado deve ter deixado para trás a fase fraquejante do segundo semestre do ano anterior”, escreve a instituição na edição de abril do seu relatório mensal. O consumo “foi sustentado por medidas fiscais implementadas após a virada do ano, que ampliaram o espaço para gastos dos consumidores”, acrescenta.

No entanto, o Bundesbank adverte que, “sem essas influências especiais”, a tendência fundamental da conjuntura econômica alemã permanece “comportada”.