Economia

Alelo prevê que Veloe atinja 1,5 milhão de usuários até 2020


A Alelo trabalha com a perspectiva de que a Veloe, marca da empresa que foi autorizada pela Artesp a operar no setor de pagamento eletrônico de pedágio em São Paulo, atinja 1,5 milhão de usuários até 2020.

“A Alelo já atua fortemente em transporte, com produtos para gestão de frota e abastecimento de veículos”, disse o presidente da Alelo, Raul Moreira, em conversa com jornalistas. “A Veloe vem complementar essa atuação da empresa nesse segmento.”

Moreira evitou dar projeções de receita a serem obtidas com a Veloe, mas afirmou que a nova marca trabalhará em conjunto com outras empresas do grupo, como a Livelo, companhia do segmento de fidelidade que une Bradesco e Banco do Brasil. “A ideia é explorar essa vantagem do programa de fidelidade como diferencial, para que o consumidor se sinta estimulado a usar cada vez mais esse tipo de tecnologia.”

O executivo também ressaltou que a Veloe não funcionará exclusivamente no pagamento eletrônico de pedágios, atuando também no pagamento de estacionamentos e cancelas eletrônicas de shopping.

Questionado a respeito do cronograma de implantação e início das negociações dos serviços da Veloe, Moreira afirmou apenas que os pilotos começarão no fim desse ano, avançando gradativamente ao longo de 2018.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio