Brasil

Alcolumbre suspeita que celular foi hackeado e pede investigação

Alvo de críticas nas redes sociais por ter patrocinado o projeto de lei das fake news, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), levantou suspeitos de que o teve o celular hackeado e pediu uma investigação da Polícia Legislativa da Casa.

O presidente do Senado foi cobrado por não ter atendido ligações nos últimos dias. Ele pediu desculpas e relatou uma “pane” em seu aparelho. “Eu acho, eu desconfio que foi em função da nossa votação aqui da fake news. Desde aquele dia, apareceram alguns problemas”, declarou o presidente da Casa.

O Senado aprovou o projeto de lei das fake news no último dia 30. A proposta é alvo de críticas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e de empresas digitais por causa das regras para controle da disseminação de desinformação nas redes. As companhias alegam risco para a liberdade de expressão.

Em sessão nesta quarta-feira, 15, Alcolumbre declarou que seu celular foi invadido por mensagens estranhas, como “iPhone morto” na tela. Por causa do celular “avariado”, como afirmou , o presidente decidiu entregar o aparelho para a Polícia Legislativa fazer uma investigação e identificar se houve hackeamento.

+ Exclusivo: como Prost fez Senna perder o contrato com a Ferrari

Veja também

+ Marco Pigossi sobre reprise da novela Fina Estampa: “Tinha que ser proibida de ser reprisada”

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Divertidos e bem-humorados, idosos invadem o TikTok

+ Uma pequena Harley-Davidson HD350, chegando em 2021?

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?