Economia

Alcolumbre diz que não pautará veto à desoneração nesta semana

O presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que não deve pautar o veto do presidente Jair Bolsonaro à desoneração da folha de pagamentos nesta semana. Além disso, manter ou não sessão agendada para esta quinta-feira (16) vai depender de um acordo para acelerar a votação da Medida Provisória (926), que flexibiliza as regras de contratação e libera licitação para obras e compras de bens e serviços para o combate à pandemia da covid-19.

A MP foi aprovada hoje pela Câmara e pode perder a validade na sexta-feira, 17, se não for aprovada pelo Senado. Por isso, Alcolumbre quer realizar uma sessão dos senadores na quinta-feira para aprovar essa proposta.

“Esse veto (desoneração) que o senhor fez a manifestação não estará entre os vetos apreciados na sessão do Congresso, porque ele mantém a obrigatoriedade, já que foi a decisão dos 30 dias de trancamento de pauta”, disse ao responder sobre o tema ao senador Izalci Lucas (PSDB-DF).

Segundo Alcolumbre, a sessão está marcada, mas ele aguarda até amanhã uma decisão dos líderes do Senado sobre a MP 926. “Se conseguirmos um acordo, faremos uma sessão rápida, senão serei obrigado a cancelar a sessão do Congresso novamente”, disse.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?