Esportes

Alana Maldonado conquista a prata no judô paralímpico para atletas até 70 kg

Diante de um público entusiasmado que lotou a Arena Carioca 3, a brasileira Alana Maldonado conquistou neste sábado a medalha de prata nos Jogos Paralímpicos do Rio-2016 na categoria até 70 kg. Na final, ela foi imobilizada pela mexicana Lenia Fabiola Alvarez.

Ao perder a luta, Alana Maldonado chorou bastante no tatame. A torcida, de pé, começou a gritar seu nome e as lágrimas pela derrota foram substituídas por outras de emoção. A judoca saiu da área de luta acenando para a torcida e agradecendo o apoio.

Alana Maldonado, de apenas 21 anos, chegou a uma final paralímpica logo em sua primeira participação nos Jogos. Este ano, ela já havia conquistado ouro no Torneio Open disputado na Alemanha. No ano passado, fora prata nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá.

A judoca foi diagnosticada com a doença de Stargardt, que provoca perde de visão progressiva, quando tinha 14 anos. Ela praticava judô desde a infância – começou aos 4 anos -, e em 2014 decidiu começar no judô paralímpico. Agora, apenas dois anos depois, conquistou sua primeira medalha em Paralímpiadas e entrou para a história do esporte.