Geral

‘Ajudo a pagar a remoção’, diz jornalista Sônia Bridi em apoio à jovem que teve rosto tatuado pelo ex

Crédito: Reprodução/Instagram

A jornalista Sônia Bridi manifestou pelo Twitter o seu apoio à jovem Tayane Caldas, de 18 anos, que teve o rosto tatuado à força pelo ex-namorado Gabriel Henrique Alves Coelho, 20. A veterana da Rede Globo ofereceu ajuda para custear a remoção e um advogado de acusação. As informações são da revista Quem.

Na quarta-feira (24), Tayne disse ao programa Cidade Alerta que pretende remover a agressão que sofreu. “É a única coisa que eu quero, tirar isso de mim. E nunca mais ouvir falar o nome dele.”


Por conta dessa fala, o youtuber Peter Jordan marcou alguns jornalistas no Twitter para conseguir o contato da jovem e assim ajudá-la. Nesse momento, Sônia Bridi se manifestou.

“Não tenho o contato. Mas ajudo a pagar a remoção. E advogado para ajudar na acusação, se for preciso”, escreveu a jornalista.

Relembre o caso

Na última sexta-feira (20), a jovem foi abordada pelo ex na rua, em Taubaté (SP), que a obrigou a entrar no carro. Ela foi levada até a casa de Gabriel, onde passou por uma sessão de tortura, com agressões e ofensas. O rapaz também fez uma tatuagem com o nome dele no rosto da jovem.

Em depoimento, o tatuador apresentou um vídeo em que Tayane dizia permitir a tatuagem e com isso alegou o consentimento da jovem. No entanto, a jovem contou que estava sob ameaça e amarrada durante a gravação.

Gabriel foi preso por descumprir duas medidas protetivas que o impediam de chegar perto de Tayane e também por lesão corporal.

O caso é investigado pela Polícia Civil que apura também se o pai de Gabriel dirigiu o carro que levou a jovem até a casa onde ela foi tatuada à força pelo filho dele.