Agora que o Queiroz está preso, cabe a pergunta: E o Bolsonaro?

Agora que o Queiroz está preso, cabe a pergunta: E o Bolsonaro?

PEIXE GRANDE Bolsonaro e Queiroz são amigos há 40 anos.

Por mais de um ano ouviu-se a pergunta, sempre não respondida por um silêncio ensurdecedor: cadê o Queiroz? Porém, desde o último dia 18 o mistério acabou, e hoje Fabrício Queiroz encontra-se hospedado em um presídio fluminense, à disposição da Justiça.

Coincidentemente, ou nada coincidentemente, também desde o mesmo dia 18 o presidente resolveu imitar o amigo de fé, irmão camarada e… sumiu! Há dois domingos não temos notícias de atos golpistas em Brasília. Há exatos doze dias não assistimos àqueles “pit stops” patéticos, à porta do Palácio do Alvorada. Incrivelmente, também, nenhum outro Poder ou mesmo a imprensa foram atacados e agredidos no período. Afinal, cadê o Bolsonaro?

Visto esporadicamente, aqui e ali, no velório de um militar e na inauguração de uma obra que não é sua (ainda bem, para ele, pois mais um exemplo da dramática corrupção lulopetista), o presidente surgiu tímido, um pouco disperso, durante a despedida – ou seria fuga? – do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, e a apresentação do novo, o Doutor que não é Doutor, Carlos Decotelli.

Outro momento de súbita aparição presidencial foi durante a “live” semanal. Além das abobrinhas de sempre e aquele constrangimento alheio de quem se arrisca à assistir ao “freak show”, nada de ataques ou ofensas. No máximo, a impagável expressão petrificada do ministro Paulo Guedes, ao som de Ave Maria, de Schubert, na voz e sanfona do presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, cuja afinação só não é pior que o inglês “a la” Joel Santana.

A continuar assim, daqui um mês ou dois, diante das pitadas de filme pastelão destes últimos dias, intuo que começaremos a sentir falta do presidente Bolsonaro velho-de-guerra, cabra-macho, sim, senhor. Porque o Bolsonarinho Paz e Amor “tá osso” de aguentar!

O antigo Bolso é pior, sem dúvida. É perigoso e só faz mal ao País. Mas é inegavelmente mais divertido de criticar, ainda que a baixeza e mau gosto sejam praticamente idênticos aos dois.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.