ISTOÉ Gente

Agnaldo Timóteo morre de Covid-19 aos 84 anos

Crédito: Reprodução/Instagram

Morreu na manhã deste sábado (03) o cantor e compositor Agnaldo Timóteo, aos 84 anos. Ele estava internado desde 17 de março na Casa São Bernardo, e precisou ir para a UTI após piora clínica do quadro.

Em comunicado dado pela família na última sexta-feira (02), Agnaldo teve mais uma piora. Parentes e amigos pediram uma corrente de orações para o artista. “Temos a convicção que Timóteo está dando o seu melhor para vencer essa batalha e a guerra contra a Covid-19. A equipe médica permanece confiante na sua plena recuperação. Convidamos os amigos, fãs e todos os brasileiros a participarem juntos, todos os dias dessa Corrente de Fé”, escreveram.

Natural de Caratinga, Minas Gerais, Agnaldo começou trabalhando como mecânico, fazendo poças para automóveis que construíam estradas e rodovias. Sempre apaixonado pela música, se mudou para o Rio de Janeiro em 1960. Entre 1964 e 1969, o cantor lançou oito discos e ganhou destaque na Jovem Guarda. Ao longo da vida, Agnaldo lançou 62 discos.

Veja também

+ Receita simples de bolo Red Velvet
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS