Economia

Agência oferece garantias para investidores interessados no Rodoanel Norte

A Agência Multilateral de Garantia ao Investimento (Miga), ligada ao Banco Mundial, está oferecendo garantias contra riscos não comerciais para investidores interessados no Trecho Norte do Rodoanel. A garantia inclui violação de contrato, expropriação, inconvertibilidade cambial e restrição de transferência, bem como riscos relacionados a transtornos civis.

O Trecho Norte do Rodoanel terá 43,6 quilômetros de extensão e outros 3,6 quilômetros de acessos, interligando os ramos Oeste e Leste da via – o traçado tem início na confluência com a Avenida Raimundo Pereira de Magalhães e termina na intersecção com a Rodovia Presidente Dutra. A construção do Trecho está sendo realizada pela Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa).

A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) estima que a taxa interna de retorno (TIR) do Trecho Norte, que será concedido à iniciativa privada pelo governo paulista, será de 9,85%. Segundo a Artesp, os investimentos a serem realizados pelo vencedor da licitação ficarão em torno de R$ 804 milhões. O prazo de concessão será de 30 anos.

Recentemente, o diretor geral da Artesp, Giovanni Pengue Filho, disse que a expectativa é que a versão final do edital para a licitação do trecho seja publicada no terceiro trimestre deste ano, com o contrato sendo assinado em algum momento no primeiro trimestre de 2018.

O parceiro privado será responsável pela prestação de serviços públicos de operação, manutenção e realização dos investimentos necessários, como a implantação de equipamentos de tráfego e atendimento ao usuário. Ao todo, cinco praças de pedágio são previstas no trecho.