Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

O âncora de um jornal do Afeganistão teve que ler notícias cercado por militantes do Talibã armados. As cenas viralizaram na internet, com muitas críticas ao grupo que agora comanda o país.

+ Dona de casa encontra cobra jiboia em vaso de flores, no Mato Grosso do Sul

+ Refém usado como escudo em roubo em Araçatuba ‘pensava que iria morrer’

+ Agronegócio publica nota em defesa da democracia criticando ‘aventuras radicais’

Um âncora da BBC, Yalda Hakim, traduziu o que foi dito no vídeo. Segundo ele, o Talibã obrigou o jornalista a dizer que as pessoas não devem ter medo.

“TV Afeganistão – surreal. É assim que se parece um debate político agora na TV afegã, com soldados do Talibã vigiando o apresentador. O apresentador fala sobre o colapso do governo Ghani e diz que o Emirado Islâmico diz que o povo afegão não deve ter medo do #Afeganistão”.

Relatos apontam que os homens do Talibã invadiram o prédio da rede de televisão no domingo (29) e exigiram que o apresentador fizesse um debate. Depois o jornalista fez as declarações pedidas pelo Talibã.

Tudo isso aconteceu no momento em que os últimos soldados dos Estados Unidos estavam saindo do Afeganistão, que agora será comandado pelo Talibã.