ISTOÉ Gente

‘Advogo para pessoas e não para uma facção’, diz Deolane Bezerra sobre PCC

Crédito: Reprodução/Instagram

'Advogo para pessoas e não para uma facção', diz Deolane Bezerra sobre PCC (Crédito: Reprodução/Instagram)


Mesmo fazendo um grande sucesso como influenciadora digital, cantora e DJ, Deolane Bezerra fez questão de não abandonar sua carreira de advogada criminalista. Em entrevista ao UOL, a viúva de MC Kevin respondeu algumas polêmicas de que advoga para bandidos.

“O advogado criminalista sofre inúmeros preconceitos. O médico, quando opera bandido, não pergunta a ele se é um bandido. O engenheiro, quando constrói uma casa, não pergunta a profissão. Do mesmo jeito é o advogado criminalista. Ele não defende o bandido ou a pessoa, defende a lei. Nós defendemos a lei”, explicou Deolane.

Veja também:
Vitão revela que entraria no ‘BBB’ e adoraria fazer uma novela na Globo
Médico explica enxaqueca excessiva de Virginia na gravidez do segundo filho

Ao ser questionada sobre advogar para o PCC, uma facção criminosa, ela negou negou, mas afirmou que gosta de trabalhar para os ‘grandes’: “Advogo para pessoas e não para uma facção. Um advogado criminalista em São Paulo não tem como afirmar que nunca advogou para um membro do PCC, a não ser que você advogue para clientes baixos. Eu prefiro os grandes, que me pagam bem. Não tem como ser hipócrita. Atendo uma pessoa que supostamente pertence a uma organização”, finalizou.