Brasil

Advogado é condenado por mandar matar a esposa em Goiânia

Crédito: Reprodução/Facebook/Divulgação

Cibelle, assassinada em 2015, e o marido Eduardo, que ordenou o crime (Crédito: Reprodução/Facebook/Divulgação )

Eduardo de Oliveira Francisco, de 34 anos, foi condenado por mandar matar a esposa Cibelle de Paula Silveira, de 31 anos, em Goiânia. O advogado recebeu mais de 27 anos de pena pelo crime que aconteceu em 2015. As informações são do G1.

Inicialmente, o caso foi tratado como latrocínio, mas laudos apontaram Eduardo como o mandante do crime. A esposa foi assassinada com um tiro na cabeça enquanto andava de bicicleta com o marido. Pedro Henrique Domingos de Jesus Félix, que confessou o crime, também foi condenado pelo homicídio.

O crime foi em 2015, quando Eduardo, Cibelle e um amigo andavam de bicicleta por Goiânia. Uma dupla se aproximou e efetuou um disparo na cabeça da mulher. A Polícia Militar tratou o caso como latrocínio, mas a reviravolta aconteceu quando marcas no corpo da vítima indicaram que ela era espancada pelo marido. Pedro Henrique, então, confessou que o advogado o contratou para matar a esposa.

Eduardo foi preso apenas em setembro de 2018, três anos após o crime. Segundo policiais informaram ao G1, ele estava surpreso com a prisão efetuada em seu apartamento. As investigações não descobriram os motivos do crime, mas as suspeitas são de interesses financeiros.