Brasil

Advogado consegue resgatar R$ 80 mil esquecidos em vagão do metrô no RJ

Crédito: Reprodução TV Globo

Advogado Luiz Roberto Caetano (Crédito: Reprodução TV Globo)


Depois de esquecer um pacote com 15 cheques no valor de R$ 80 mil no metrô do Rio de Janeiro, o advogado Luiz Roberto Caetano conseguiu algo improvável e recuperou a quantia, conforme apuração do G1.

O pacote com os cheques foi encontrado por um funcionário do metrô e levado para o setor de Achados e Perdidos da concessionária.

O advogado havia esquecido os cheques na estação Jardim Oceânico, na Linha 4, no último mês.

“Esqueci o envelope dentro do vagão. Só lembrei quando já havia saído da estação, próximo a um posto de combustível. Voltei e me informaram que poderia tentar recuperar por meio do SAC. Mandei um e-mail e me deram retorno informando que havia sido encontrado. Seria brabo se não conseguisse recuperá-los”, afirmou.

Mesmo com as restrições de circulação e pedido das autoridades para o isolamento social, o Metrô Rio teve 2.108 objetos perdidos nas dependências das estações e nas composições.

Os itens são variados e vão desde documentos até uma pacote de rolo de papel higiênico.

No último dia três de agosto, o advogado conseguiu finalmente pegar o pacote com os cheques

Durante o período de isolamento social, o Metrô Rio registrou 2.108 objetos perdidos nos trens e estações. Entre os objetos há 326 crachás e identidades e 612 cartões de bancos diversos. houve também o registro de objetos mais curiosos, como um par de luvas de boxe rosa, caixa de transporte de animais, caixa de som e um pacote de rolo de papel higiênico.

Os objetos perdidos podem ser recuperados no espaço do cliente, que retomou o serviço presencial no dia 3 deste mês. Os itens perdidos ficam no setor de Achados e Perdidos por 60 dias, depois disso, os objetos são doados para instituições de caridade.