Esportes

Administração do Maracanã exalta operação de Flamengo x Grêmio

Administração do estádio, palco do jogo pela Copa do Brasil que marcou o retorno da torcida do Flamengo, fez balanço positivo do evento-teste autorizado pela Prefeitura

Administração do Maracanã exalta operação de Flamengo x Grêmio

A aprovação do jogo entre Flamengo e Grêmio como evento-teste para a volta da torcida ao Maracanã não foi apenas das autoridades e dos torcedores. O administração do estádio também fez um balanço positivo da operação da partida, destacando que não houve aglomerações na chegada e acesso dos 6.446 rubro-negros. Contudo, destacou que ajustes sempre são necessários.

– Essa reabertura com público só foi possível por conta de um planejamento que durou meses, envolveu uma grande operação com 1.700 profissionais (média de um funcionário para cada quatro torcedores) e pela parceria com a Prefeitura do Rio. (…) O saldo da operação, iniciada na véspera da partida, foi positivo, a começar pelo processo de comprovação da vacina e testagem prévia de torcedores e profissionais – diz trecho da nota publicada pelo Maracanã.

Com a decisão do STJD de derrubar a liminar que permitia o Flamengo atuar com público no Brasileirão – a qual foi dada pelo próprio Tribunal – a partida contra o Grêmio, no domingo, não terá público. Assim, o próximo evento-teste será diante do Barcelona (EQU), nas semis da Libertadores, na quarta, dia 22.

O jogo será novamente no Maracanã e será de 35 mil lugares estão liberados pela Prefeitura. As vendas serão iniciadas ainda nesta quinta-feira pelo clube.

Confira abaixo, na íntegra, a nota publicada pela administração do Maracanã:

“Maracanã apresenta balanço da partida entre Flamengo e Grêmio

Após 91 partidas e um total de 554 dias sem a presença de público, o Maracanã recebeu na noite da última quarta-feira (15/09) mais de seis mil torcedores no jogo entre Flamengo e Grêmio. Essa reabertura com público só foi possível por conta de um planejamento que durou meses, envolveu uma grande operação com 1.700 profissionais (média de um funcionário para cada quatro torcedores) e pela parceria com a Prefeitura do Rio. A partida de ontem registrou um marco importante no cenário que vive o Brasil desde o início da pandemia da Covid-19.

O saldo da operação, que iniciou na véspera da partida, foi positivo, a começar pelo processo de comprovação da vacina e testagem prévia dos torcedores e profissionais. Os resultados dos exames foram enviados diretamente para controle sanitário no estádio num sistema automático, o que contribuiu para evitar aglomerações e longas filas de acesso às dependências do Maracanã. Portanto, na noite de reabertura do estádio com público, não houve registro de dificuldade na entrada, de retenções nos acessos internos e nem mesmo de reclamações por parte dos torcedores.

O Maracanã utilizou todo o seu potencial de ocupação – mesmo com um público reduzido – para testar o funcionamento da vida ativa do estádio. E, equipamentos que não eram utilizados há algum tempo, como banheiros, bares, escadas rolantes, e também a iluminação interna, funcionaram muito bem. Mas, a gestão do estádio entende que ajustes são sempre necessários para o aperfeiçoamento de toda e qualquer realização, mesmo em um balanço positivo, e comemorado com sucesso, como foi o de ontem.”



Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio