Agronegócio

Açúcar: produção da Índia em 2019/20 tem queda de 63,8%

Ribeirão Preto, 20 – A produção de açúcar na Índia na safra 2019/2020 não superou 485 mil toneladas até 15 de novembro, segundo o primeiro boletim de acompanhamento da Indian Sugar Mills Association (Isma), associação de usinas daquele país. O volume é 63,8% inferior ao total de 1,338 milhão de toneladas produzido em igual período de 2018/2019. A safra atual começou em 1º de outubro e segue até 30 de setembro de 2020.

Segundo a Isma, somente 100 usinas processaram cana-de-açúcar até o final da primeira quinzena deste mês, ante 310 unidades em produção em igual data do ano passado. A razão para a queda na oferta é o atraso no início da moagem em Maharashtra e Karnataka. As duas maiores regiões produtoras do país são as que mais sofreram com enchentes no período de monções e devem ter uma queda na área plantada com cana de 30% entre as safras.

Maharashtra deve começar o processamento apenas na sexta-feira (22), mas tinha 149 usinas em operação em 15 de novembro de 2018, com uma oferta de 631 mil toneladas de açúcar à época. Karnataka produziu somente 143 mil toneladas em 18 usinas até o último dia 15, ante 360 mil toneladas em 53 unidades em igual data do ano passado.

Em Uttar Pradesh a situação é inversa e a safra anda com maior rapidez. Com 69 usinas em operação, 293 mil toneladas de açúcar foram produzidas até 15 de novembro em 2019/2020. Em igual período de 2018/2019, o mesmo número de usinas tinha ofertado apenas 176 mil toneladas.