Economia

ACSP: Vendas do comércio paulistano sobem 19,8% desde início da reabertura

A reabertura de bares e restaurantes ampliou a média de vendas do comércio paulistano em julho, segundo a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). De acordo com balanço da entidade, as vendas subiram 19,8% desde o processo de retomada dos negócios iniciado no dia 10 de junho na cidade de São Paulo.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

“Com a economia reabrindo aos poucos, a ampliação do horário de funcionamento das lojas e novos setores sendo flexibilizados, como bares e restaurantes e academias, a tendência é de que o comércio se recupere gradualmente”, afirma Marcel Solimeo, economista da ACSP.

De acordo com Solimeo, a alta se deve ao crescimento do número de pessoas voltaram a trabalhar e ao aumento do movimento nas ruas “o que é bom também para as lojas”, diz. Para o economista, as vendas devem se recuperar lentamente após as fortes quedas no setor devido a pandemia do novo coronavírus.

O balanço publicado pela entidade também demonstra que o movimento de vendas a prazo cresceu 25,6% e o sistema de vendas à vista aumentou 14% em julho, em comparação ao mês anterior.

Pelos dados do Balanço da ACSP, as vendas a prazo registraram queda de 35,7% em julho ante igual período de 2019. Já as vendas à vista recuaram 59,7%. A queda média foi de 47,7%.

“Essa lentidão se deve ainda ao receio de muitos consumidores saírem de casa, mas principalmente pela queda de renda, que se acentuou nos últimos meses”, lembra Solimeo.

Para o economista, a expectativa agora é que São Paulo passe o quanto antes para a fase verde do plano de flexibilização do governo – quando fica liberado o funcionamento de todos os estabelecimentos comerciais e de serviços, incluindo academias e praças de alimentação dos shoppings, e a capacidade limitada aumenta 40% para 60% da capacidade máxima do local – para que a economia ganhe um pouco mais de ritmo. “Mas, por enquanto, o Dia dos Pais deve ser uma motivação adicional para dar força ao varejo”, destaca.

O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia da ACSP, com base em amostra fornecida pela Boa Vista Serviços.

Veja também

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Nova Honda CB125F 2021 consegue o consumo recorde de 67 km/l

+ Duas mulheres desfilam de biquíni em carro pelo Leblon e cena acaba em confusão; veja o vídeo

+ Com maiô cavado, Scheila Carvalho ostenta corpo musculoso aos 47 anos

+ A Fazenda 2020: Peões ficarão 24 horas sem água encanada devido a punição por drink de álcool em gel

+ Aprenda a preparar o Chevette, drinque que virou febre em SP

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea