Economia

Ações europeias caem após dados empresariais aprofundarem preocupações sobre desaceleração

Ações europeias caem após dados empresariais aprofundarem preocupações sobre desaceleração

Mulher caminha em frente à Bolsa de Valores de Milão

Por Susan Mathew

(Reuters) – As ações europeias fecharam em baixa nesta terça-feira, acompanhando perdas nas bolsas globais após dados de expansão de negócios para maio renovarem preocupações dos investidores sobre a desaceleração do crescimento econômico e o aperto da política monetária.


O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 1,14%, a 431,58 pontos, e devolveu quase todos os ganhos de segunda-feira.

O crescimento empresarial na zona do euro desacelerou neste mês e a escassez de matérias-primas impediu a expansão na indústria, de acordo com dados preliminares do Índice de Gerentes de Compras (PMI). Isso aumentou as preocupações com o crescimento global.

“As nuvens estão se acumulando acima da economia da zona do euro”, disse Bert Colijn, economista sênior para zona do euro do ING. “E a questão é realmente por quanto tempo o setor de serviços pode continuar lucrando com os consumidores… já que também vemos que o poder de compra está sob extrema pressão devido à inflação alta.”

Todos os principais setores registraram declínios amplos, com ações de luxo e varejistas, que são afetadas quando a renda disponível é reduzida, na lanterna.

O STOXX 600 recua mais de 12% em relação às máximas deste ano, atingidas no início de janeiro.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,39%, a 7.484,35 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,80%, a 13.919,75 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,66%, a 6.253,14 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,08%, a 23.876,08 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,06%, a 8.631,20 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,85%, a 6.130,90 pontos.

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4N0XH-BASEIMAGE