Economia

Ações da China fecham em alta com melhora da situação da Covid em Xangai

Ações da China fecham em alta com melhora da situação da Covid em Xangai

Telão em Xangai mostra flutuações dos mercados acionários

XANGAI (Reuters) – As ações da China terminaram em alta nesta terça-feira, quando Xangai alcançou um marco importante relacionado à Covid-19 necessário para aliviar as restrições, enquanto as gigantes da tecnologia e as ações de Hong Kong registraram o maior salto em seis semanas com notícias sobre reunião de um órgão consultivo para promover a economia digital.

As duas empresas de internet listadas em Hong Kong e o índice referencial Hang Seng tiveram a maior alta desde 29 de abril, quando as autoridades prometeram na reunião de alto nível do Politburo intensificar o apoio político para estabilizar a economia e os mercados financeiros.


O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 1,25% no dia, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,65%.

O índice de Hong Kong Hang Seng avançou 3,27%, enquanto o China Enterprises Index ganhou 3,7%.

Xangai alcançou um marco há muito esperado de três dias seguidos sem novos casos de Covid fora das zonas de quarentena – o status de “Covid zero”. O total de casos em todo o país também diminuiu, com 1.100 novos casos relatados na segunda-feira, contra 1.227 infecções no domingo.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,42%, a 26.659 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 3,27%, a 20.602 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,65%, a 3.093 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,25%, a 4.005 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,92%, a 2.620 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,98%, a 16.056 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,34%, a 3.201 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,27%, a 7.112 pontos.

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4G0GO-BASEIMAGE