Brasil

Acidente com moto aquática arranca couro cabeludo de mulher em Minas Gerais

Crédito: Divulgação Corpo de Bombeiros

Mariana, em Minas Gerais (Crédito: Divulgação Corpo de Bombeiros)

Um passeio de moto aquática terminou de forma trágica em Mariana, em Minas Gerais. Uma mulher teve seu couro cabeludo arrancado no último domingo (12).

De acordo com relato dos bombeiros, a vítima é moradora da cidade e sofreu várias lesões pelo corpo após se debater várias vezes para se desvincilhar, enquanto o cabelo era sugado pelo motor, conforme apuração do UOL.

O incidente aconteceu durante uma passeio na Represa da Fumaça, onde a mulher estava com os familiares do namorado.

Em dado momento, a mulher caiu na água e por estar com o cabelo solto acabou sendo sugada pelo motor da moto aquática.

Com isso, o couro cabeludo da vítima acabou sendo arrancado, deixando parte do crânio exposto. O Corpo de Bombeiros foram acionados e fizeram um resgate por helicóptero por conta da gravidade do caso.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Os presentes no local do acidente foram orientados a cortar o cabelo da vítima antes da chegada dos bombeiros. A mulher chegou a perder a consciência várias vezes, ela teve politraumatismo, além de várias lesões pelo corpo.

A vítima foi levada para o hospital João 23, em Belo Horizonte, com vida. Em nota, a unidade de saúde informou que “não informa estado de saúde de seus pacientes, nem mesmo confirma sua internação, por motivos de sigilo de prontuário”.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?