Economia

Abrainc: taxas de crédito imobiliário seguem em patamares baixos, mesmo com Selic


A Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) afirma que, mesmo com o novo aumento da taxa básica de juros (Selic), de 3,5% para 4,25%, anunciado nesta quarta-feira, 16, pelo Banco Central, as taxas de crédito imobiliário seguem em patamares baixos e o setor se mantém atrativo tanto para investimentos quanto para as pessoas interessadas na aquisição da casa própria.

Aliada a isso, a entidade diz que espera a recuperação do Produto Interno Bruto (PIB), o que traz mais confiança, fortalece os diversos setores econômicos e contribui para o crescimento do emprego e da renda no Brasil.

“O ambiente de negócios continua propício, com grande atratividade para investimentos em imóveis em comparação com as aplicações financeiras tradicionais”, comenta Luiz França, presidente da Abrainc, em nota

A associação caracterizou o movimento do BC como “uma medida técnica da Instituição para conter o avanço da inflação no País”.

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago